segunda-feira, 18 de março de 2013

CADA NOITE




Pensando em ti
Cada noite que passa
Perco-me no viajar de amar
Descobrindo para além do horizonte
Locais imaginários
Por nós tidos

É no silêncio de cada noite
Que em pensamentos
Trilhamos nossos caminhos
Explorando nossa paixão
Esperando o ansiado beijo

Será em cada noite
Que o manto de ardor nos cobrirá
Deixado pelas réstias d’um sol escaldante,
Em areias, numa praia deserta
Ou num quarto vestido de nós
Onde a brisa calará corações

Trarás cada noite
O aconchego de ti
Para me sentir mais perto,
Parecendo um encaixe longínquo,
Exibindo em nós todo deleite
D’uma paixão querida

Cada noite…


Fátima Porto
Fotografia de : Adalberto Gourgel
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

PRAIA DA SERENIDADE