quarta-feira, 27 de março de 2013

SONHOS NO OLHAR




Perdi-me num olhar de pensamentos
Esperando p’lo nosso encontro,
Querido, ansiado,
Esquecendo o mundo lá fora

Senti o odor forte de café,
Que arrefecia,
Mas que fazia aumentar o ardor
Da tua presença

Um calor percorre meu corpo
Como se tocasses meu ombro
Numa surpresa calculada
Mas inesperada

Suavemente, as mãos se entrelaçaram
Com um beijo discreto, sereno
Em que os corações desnorteados, arderam
Ousando controlar nossos impulsos maiores

Mas…
Oh vãs quimeras que angustiam o espírito,
Nos sonhos em que vagueio
Enquanto aguardo por ti…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

ANJOS OU DEMÓNIOS