quarta-feira, 6 de março de 2013

ONDAS NAS ROCHAS



Corpos nus suados,
Molhados,
Que importa
Apenas estávamos a viver a Paixão

Ninguém nos via,
Mas mesmo que vissem
O mundo era nosso
Numa praia qualquer

A lua brilhava,
As ondas batiam nas rochas
Como nossos corações

Beijos calavam o espraiar das águas
Trazendo à tona
Sensações que se encadeavam
Cada vez mais… e mais

Minutos que não pararam as horas
De abraços quentes,
E carícias de amantes
Até a Lua dar lugar ao raiar do sol

Mas as ondas batiam nas rochas
Deixando beijos no coração
Numa praia só nossa…


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO TELEFONE TUA VOZ, NOSSO DESEJO