sábado, 11 de fevereiro de 2012

VEM SEDUZIR-ME




Estendo-te a mão
para que me seduzas
com teus carinhos

Tuas mãos despenteando
docemente meu cabelo
com beijos fugazes
de tocar o céu

Vem e seduz-me
tirando o vestido
com toques de mágica
que me enlouquece
trilhando caminhos
por mim conhecidos

Faz a sedução total
completa
verás em mim
a mulher mais louca
a quer possuir também

Ah tentação
Que endoidece a mente mais sã
Em desvarios
De vontades
Quereres

Vem seduzir-me…

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

VICISSITUDE



Naveguei por mares distantes
Quase afundei
Não tinham bóias
Do barco veleiro

Cruzei oceanos
De imaginação
Sem bússola
Nem timoneiro

Ao sabor das ondas
Segui viagem
O vento levou-me
Para muitas paragens

Só eu
Era o que importava

Tempestades
Mares revoltos
Ventos
Trovoadas
Enfrentei

Mas o momento chegou
Que o veleiro cedeu
perto de uma ilha deserta

Construi minha casa
de portas e janelas abertas para o mundo
Com um telhado
Iluminado pela Lua e mil estrelas
Sentia-me no Paraíso

Abandonada? Não
Feliz….

LEQUE



Leque
Do calor que sinto
Dispo meus sentimentos
Que do corpo transborda
Nas roupas caídas no chão

Leque
Transparece emoções
Na vontade e querer
Desejo de ter
Em sublime bafejo
Como carícias
Um beijo

Leque
Ao ocultar do olhar
Ténue nudez
Se vislumbra
Na penumbra do dia
Como quem espera
Do calor distante…

GRITO DAS ALMAS



Banho-me no teu beijo
Doces afagos
Que endoidecem

E sem falar
Olho em teu olhar

Nossas almas
Gritam caladas
Por beijos
Meigos
Sôfregos

Gozamos odores
Molhados
Na onda rubra
Da paixão

Sentidos apurados
Gritam silenciosos
Olhando os espíritos
Num calor do abraço
Murmurando baixinho

Mãos nos corpos
Exprimem desejos
De conter mas ter
O mais belo, sublime
Do sonho sonhado…

A NOITE



Cálida e fria
Vem a noite
Trazer a solidão

A lua e as estrelas
Brilham
Ansiando tua vinda

Sinto que não estás longe
Para minha cabeça
No teu colo
Descansar
Com mimos
Carícias
Que só tu me sabes dar...

Oh lua mensageira
Diz-lhe que estou só

Abraço-me.

Coração bate mais forte
Chamando
Teu rosto presente
Ausente

Minhas mãos estendem-se
Para toca-lo
Sentir
Mas há vazio

Porque a noite
Trouxe a solidão...

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

OLHA



Vê como olho para ti
deitada neste chão
d'um quarto vazio

Vem saborear-me
provando em ti

Vem deliciar
Fazendo deleitar-nos
Numa viajem como deuses
até Paraíso

Eu entrego-me
na tua rendição
com olhares cruzados
em voz muda

Diremos nossa ânsia
invadindo corpos

Mansamente se toca
com um arrepio
de suores que vagueiam
Um sabor degustado

Mas olha
eu vejo-te…

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

A PENSAR




Dei por mim a pensar:
…”Quantos segundos perfumados por nós
Se transformaram em minutos de fragrâncias
Nas horas em que os aromas se fundiram
Quando um relógio mostrava o tempo dos beijos
Onde os ponteiros teimosamente não pararam
Para perdidos no tempo ficarmos”…

SENTIMENTOS EM FOGO




Em chamas
sinto-me em ti
num fogo
que incendeia

Sem ventos
criam-se remoinhos
labaredas
de corpos ao rubro

Ateado
fervendo
faz nossos corpos
contrair e vibrar

Fogo
Chamas
Desejo
Explosão

Alma de vulcão
Que fervilha e rebenta
Do amor em lava incandescente

Ah como os sentimentos
Se declaram sem falarem
Em sublime paixão…

NOSSO MOMENTO



Sorrisos
tudo é melodia doce

Hoje e sempre
o encanto dos beijos
o calor nos abraços
cheiro de macho
.
Vibrando felicidade
aperto-te o corpo
vejo e sinto
em sedutor abraço

És carinho e luz
alegria e paz
encanto
doçura e mel

Que calor teu corpo faz
e como é bom
Sentir-te amado

Colorido nobreza tens
justo e merecido é o teu querer

A hora é tua
a hora é minha
a hora é nossa

Tempo resplandecente de amor
Acariciando teu rosto
pertinho olhando
degusto e cheiro
escuto um tilintar de cores
no sempre sentir-te

Vibro e vivo,
maravilhoso viver de amor...

IMAGINAÇÃO



Como seria bom
ter-te à minha frente

Poder olhar bem nos olhos
ler tua alma
descobrir
que a mais ninguém
permitiu mostrar

Desnudar-te
até às entranhas
Mansamente
Em carícias e beijos

Sonhos e quimeras
pudessem eu tê-las
para não mais esquecer

Vem para junto de mim
e deixa
desvendar o mistério

Eu ficarei
a olhar o céu
porque a estrela que mais brilhar
sei que és tu

Não preciso que avises
Nem que escrevas
Porque meu coração
Sentirá…

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

OLHARES


Cruzámo-nos..
Nossos olhares
falaram por nós
Onde mil palavras
não diriam tanto

Almas se abriram
bem fundo
deixando voar
bem alto
o sentimento
e o querer!

Olhos transparentes,
expressivos
que não se fecham
transmitindo gostos,
sonhos...

Passaria por ti
para nossos olhares
se voltarem a cruzar,
de longe,

mesmo que fosse por instante....

PRAIA DESERTA




Em terras distantes
Onde o sol queima
Numa praia deserta
Meu pensamento voa
Para um beijo deixar

Águas calmas
Juntam-se às areias mornas
Como dois corpos
Sedentos por amar

Brisa ligeira
Vem soprar de mansinho
Como carinhos teus

Cabelos esvoaçando
Parecendo aves em voo
À procura de abrigo

Numa praia distante
Em terra deserta
O sol beijou o mar
Em mim…

TEU OLHAR




Olha-me
E abraça-me

Teus olhos no embalo
De um amor

Desnuda tua alma
Pedindo
Desejando
O que tua boca
Cala

E lentamente
Teus dedos
Meus cabelos envolvem
Em carícias
De pura sedução

E eu deixo
Me envolvo

Foi o que o meu olhar
Te disse
Quando olhaste para mim
E eu quedei-me
Nas profundezas
Do teu olhar…

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

ROSA VERMELHA



Vieste ao meu encontro
de rosa vermelha na mão
quando me olhaste
pu-la ao peito
cheirando
seu aroma

Abraçados
prostramo-nos
sem palavras
sorrindo
ao enlevo da doce
rosa vermelha

Bem unidos
em beijos que o amar louco
juntava nossas bocas
onde tua língua
procurava a minha

Paixão
bocas coladas
Num olhar calado
pedindo mais
porque o desejo aumenta

Mas entre nós
existe uma rosa vermelha
bem no meu peito
De todo o nosso ardor…

CARTAS




Quantas cartas mandaste
com flores simples
silvestres
com perfume suave

Cartas de amor
que as guardo
ainda com o mesmo cheiro

Sei-as de cor
e a fragrância de cada uma
onde diziam
em simples palavras
que a tua alma sentia

Guardo-as bem amarradas
com fita de cambraia
natural como as palavras
que elas contêm

O perfume está nelas
como memória d'um amor
que está escrito
nas cartas
que me mandaste…

AMOR



AMOR..
..."É a raiz quadrada de uma matemática sem lógica em que o peso dos corações se mede pelo sentir de um olhar!"...

domingo, 5 de fevereiro de 2012

DEIXEM-ME VOAR




…”Deixem-me esticar os braços
Num correr desenfreado
E dêem-me asas quero voar
Em nuvens num céu dourado
Sem distâncias nem rumos certos

Sentir dentro da alma
O vento da felicidade
Dando cor ao sentimento
De um coração a pulsar”…

TEU QUERER



…”Vai maré mansa que te acalma
No teu peito de ardor infinito
Em nuvens doces como um beijo
Com saudades escritas ao vento

Pena com que te leio
Gravadas na tua alma
Serena brisa no rosto
De teus anseios querer”…

TROVA À LUA




À luz da lua vou gritar
Pelo cintilar das estrelas
Haja uma que brilhe mais
E conte segredos do meu amor

Luar do encantamento
De desejos
E quereres
Faz-me vibrar nesta noite
Envolta no afago de teus braços
Até ser manhã

Que se apague a última estrela
Ao raiar de um novo dia
Pois teu calor permanece
Nos olhos da alma de quem aquece

Oiçam bocas surdas
Novo cantar de esperança
Meu peito clama teu nome
Em noites providas de mil estrelas
Soando trovas de amor
Entoado à luz da lua fadado…