quarta-feira, 22 de maio de 2013

DESEJO-TE TANTO




Amo-te, sim,
Desde sempre,
Ontem, hoje

Fazes parte de mim
Pois vives no meu ser,
Na minh’ Alma

Deste-me força e coragem nos meus passos,
Mas quando parti,
Sim, porque parti,
Trouxe-te comigo num coração rasgado,
Esventrado de angústias

Sabes, um dia voltarei para ti,
Porque não desisti,
Por te amar tanto, desde sempre

Amo-te tanto,
Que as minhas lágrimas caiem,
Quando não quero chorar mais
Por ti … Angola!


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário