terça-feira, 9 de agosto de 2011

ABRAÇA-ME


Abraça-me forte
Como se fosse-mos um só
Quero sentir teu calor
Atravessar meu corpo
Encostar minha cabeça
Ao teu peito
Sentir o bater do coração
Abraça-me
Preciso de sentir mais perto
O pulsar do teu corpo
Como se respirasse o teu viver
Abraça-me
Beija-me de mansinho
Acaricia meus cabelos
Abraça-me
Porque no meu abraço
Não encontro ninguém
Só eu….

Sem comentários:

Enviar um comentário

UTANHA WÁTUA!

Singela homenagem a Carlos Gouveia (Goia),conhecido poeta Angolano Benguelense Retirado do seu livro com Edição CONVIVIUM BENGUELA 1972 ...