sábado, 6 de agosto de 2011

OLHAR PERDIDO


Olhar perdido
no horizonte
em sonhos
quimeras
Olhar vago
na tristeza
uma melâncolia
que só minha alma sente
Olhar de mistério
talvez
d'uma doce sedução
como se estivesse
em outra dimensão
Olhar para lá da lonjura
onde me perco tambem
como se navegasse
em grandes naus
nos oceanos sem fim
Olhar perdido
n'uma felicidade querida...

Sem comentários:

Enviar um comentário

SENSATEZ?