sexta-feira, 12 de agosto de 2011

INFINITA SAUDADE



Envolta em mim
Para esquecer a saudade
Fecho os olhos
Na penumbra
D’um quarto escuro
Saudade que mata
Minh’alma
De angústia e dor
Rezo preces
Para aliviar
As saudades que de ti tenho
Vivo p’ra teu viver
Desde que te vi partir
Oh meu amor
Eu morro sem teu querer….

Sem comentários:

Enviar um comentário

FAZ FALTA OUVIR O CORAÇÃO