sexta-feira, 5 de agosto de 2011

MÃOS


Mãos tristes
quase sem vida
porque delas já lhe deu muito
Mãos que anseiam
carinho
ternura
porque se esqueçeram delas
Mãos simples e singelas
que mostram o passar dos anos
suas peles
suas rugas
marcas que do tempo passado
Mãos calejadas
d'um trabalho ja vivido
agreste
duro
lenço p'ra lágrimas secas
a recordar sua existência
Mãos que ainda têem amor
mas não há quem receba....

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO TELEFONE TUA VOZ, NOSSO DESEJO