quarta-feira, 10 de agosto de 2011

UM OLHAR


Quedo-me doce olhar
Enlevo de minh’alma
Suave brisa
Que tocas em meu rosto
Fazendo-me sonhar
Voou em meu pensamento
Fechando meus olhos
Sorrio
Sinto tua presença
Em carícias imaginárias
Como de um sonho acordando
Abro os olhos
E nada vejo
Apenas uma lembrança
De quando partiste chorando
Olho para o horizonte
Florida pr’o teu regresso
Não serão ditas palavras
Apenas e só
Um olhar bastará ….

1 comentário:

  1. E QUE OLHAR DEVERÁ SER ESTE... MUITO LINDO E BEM IMAGINADO...

    ResponderEliminar

ESCONDERAM-SE AS PALAVRAS