sábado, 17 de novembro de 2012

AMANHECENDO





Acordo no sonho
E chove lá fora
Pois leve aragem
Vagueia em meu corpo nu

Música
Vinda da minh’alma
Extravasa
E se encaixa na perfeição
Num devaneio que me faz delirar

Som delicioso, porque tua voz
Desperta em mim
Sensações tranquilas
Desafinando
Com o dia cinzento e triste

Esqueço a nostalgia
E voo num barco de fantasia
Onde tu me aqueces e encantas…

Fátima Porto
ATENÇÃO: Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

ESQUECER-ME DO TEMPO