quarta-feira, 28 de novembro de 2012

SEM PONTO FINAL





Deleito meus desejos
Fechando os olhos
Sentindo o calor
Como um abraço teu

Esqueço as saudades
Que guardo na minh’alma
E esventram o peito

Deixo os pensamentos voarem
Para além do infinito
Transportando emoções
Que meu coração acalenta

E vou sonhando
Sem nunca por um ponto final
Deixando nas reticências
Tudo que meus olhos não falam….


Fátima Porto
ATENÇÃO: Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

ESQUECER-ME DO TEMPO