domingo, 18 de novembro de 2012

CORRO EM SILÊNCIO





Calo meus olhos
Em silêncio nos sentimentos
Sem lágrimas de culpa
Querendo voar na escuridão
Em busca de ti

Minha alegria
Ao sentir o calor do teu abraço
E num beijo escondido
Irá selar nosso amor

Corro passo a passo
Porém de coração a sonhar
Num tempo sem horas
Em que o mundo
Será nosso…

Fátima Porto
ATENÇÃO: Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário