segunda-feira, 3 de outubro de 2011

EM DESCANSO


Descanso
Em pensamentos
No lago do espelho
Vendo
Olhos fechados
Em volta da minha alma.

Ando
Na imaginação
Por mim criada
Num filme de odores
Saboreados
Queridos.

Nenúfares
Vagueiam
Por entre as idéias
Reflectindo no espelho
Doces sentimentos
De uma paixão.

Sonhos largados
A deslizar
Num tempo perdido
Jamais esqueçido
Em descanso
No lago do espelho.

Poema esditado no Jornal O REBATE de Macaé - Brasil

Sem comentários:

Enviar um comentário

SENSATEZ?