quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

(...)

…”Soa pela brisa da manhã,
Uma melodia suave
Dum chilrear de pardais
No seu doce Amar”…

Sem comentários:

Enviar um comentário