sábado, 10 de dezembro de 2011

TRISTE DOR



Teias que enredam
Sentimentos
Dolosos
Em que lágrimas
Escorrem da alma
Ténues e mansas
Chagas num coração
Machucado
Triste
Abandonado

Escuridão perpétua
Do meu ser
Leva para bem longe
Esta existência fria…

Sem comentários:

Enviar um comentário