sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ROSA NEGRA




Corpo marcado
Com simples rosa negra
Na mão que deu prazer
E no espírito que desejou

Prostrada
Em seus sentimentos
Nos lençóis enrugados
De um enlevo quebrado
Com alma apertada

Desnudo-me
Em termos de solidão
Sem sorrisos
Apenas com uma rosa negra
Na mão…

Sem comentários:

Enviar um comentário

RASAS E ESPINHOS