sábado, 10 de dezembro de 2011

MISTÉRIO



Mistério que me persegues
De manhã
Ao sol-pôr
Com cores quentes
De encanto

Vens de terras distantes
Cajado é teu suporte
No sonho da longa jornada
As aves são o teu guia
Que te trazem até mim

Que segredo tens tu
Envolvido nessas vestes
Carregas ventos brandos
De enigmas por decifrar

Deixa ver o rosto
Pois quero ver teus olhos
Para minha alma acalmar
Mistério me persegue
Não dissimule em sonho…

Sem comentários:

Enviar um comentário

SOU ASSIM