segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

TEMPO SÓ

…”Na solidão do meu quarto
As horas voam no tempo
Marcadas em relógio sem ponteiros
De minutos que se esvaem por janelas trancadas
Em segundos nas paredes vazias de nada”…

Sem comentários:

Enviar um comentário

RASAS E ESPINHOS