quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

JANELA

…”A janela da minha esperança
Aberta onde brilham girassóis
Carrego-os na minha alma
Sobre a brisa da manhã
Das dúvidas de enlevo por viver”….

Sem comentários:

Enviar um comentário

SOU ASSIM