segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

CONTRADIÇÕES



Dou laços
E desfaço
Na imaginação
De um corpo partido
Ausente
Perdido

Aperto
Alívio
De um grito abafado
Lamento sufocante
Num olhar quieto
Vago
Distante

Sem comentários:

Enviar um comentário