sábado, 17 de setembro de 2011

PRIMEIRO BEIJO


Olhos que falam
Bocas caladas
A medo
Pedindo

Beijo
De encanto
Suave delícia
Meigo
Desejado

Bocas coladas
Doce arrepio
Sentindo teu corpo
No calor do enredo
Do primeiro beijo ….

(Publicado no Jornal O REBATE )

4 comentários:

  1. el primer beso que nuestra alma con amor guarda, infinitas gracias dulce y sensible poeta por regalarnos la belleza de tus letras, besinos de esta amiga admiradora.

    ResponderEliminar
  2. BEIJO PENSADO E PEDIDO COM O OLHAR SEM UMA PALAVRA PROFERIR, EITA QUE GOSTOSO PERCEBER ESTA INTERAÇÃO POÉTICA COMO UM TODO SÓ COM UM ATO DE ESTAREM COM OS OLHOS NOS OLHOS... MAGNÍFICO POEMA E FOTO...

    ResponderEliminar
  3. O primeiro Beijo a Gente nunca esquece, é uma explosão de hormonios, a pele arrepia, e a testosterona sobe. Abraços. Poema Lindo, bem escrito e delicado.

    ResponderEliminar
  4. O primeiro beijo, de cada relacionamento, é coisa de nunca esquecer! É como o primeiro de todos os beijos...Belo!!!

    ResponderEliminar

DESCOBRIR-ME...